quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Caffè Latte

O Centro Velho de São Paulo reserva gratas surpresas, mesmo sendo barulhento com seus camelôs e pastores aos berros e o mar de gente apressada circulando sem olhar para os lados pelas estreitas ruas. Quando se anda por aqueles lados, do Largo de São Bento ao Teatro Municipal, com um pouco mais de paciência, atenção e boa vontade, é possível se encantar com as lindas construções e o doce charme do passado de uma cidade.
Além das opções culturais como o Museu do Pátio do Colégio, o Centro Cultural Banco do Brasil, o Instituto Cultural da Caixa, dentre outras, e das opções financeiras como a Bovespa e a BM&F, o Centro Velho é ainda capaz de satisfazer os mais diversos paladares e necessidades gastronômicas de quem trabalha ou passa por ali.
Há vários restaurantes (dos que servem o bom e fresquinho PF aos que têm buffets com 78525698 opções de saladas, massas e carnes), botecos e bares (como o lindo, agradável e bem freqüentado Salve Jorge) e inúmeros cafés, que são o que de fato interessam, afinal, nada, além de um bom café, de oferecer prazer duradouro e alívio imediato para as mazelas da vida ao mesmo tempo!!
Uma boa pedida é o Caffè Latte (Rua do Comércio, 58 – tel.:3242-1700) que fica escondidinho numa quase-viela ao lado da Bovespa. Assim que se dobra a esquina, parece que o mundo fica mais tranqüilo ao som do sax do músico de rua. Ao entrar no café, a sensação de tranqüilidade se mantém. Ambiente claro, elegante e suave, pequeno, mas de boa circulação, há opções de mesas, poltronas e banquetas (no balcão ou olhando o movimento da rua). Jazz de fundo. Há bastante burburinho no horário de almoço (o pessoal do mercado financeiro continua o pregão no café!!!). Os grãos são da Fazenda Pessegueiro (bem suave, mas de sabor e aroma marcantes). Boa carta. Adoçante da marca Gold... estraga o café (lembrete: levar o Zerocal de casa na próxima!). O atendimento é bom: simpático (sem paparicos), rápido (tanto na entrada quanto na saída: assim que a intenção de se levantar da mesa é manifestada, a xícara sai antes de você!) e o bolo de limão... hummm... parece uma nuvem azedinha... de-li-ci-o-so!! Recomendo.
Passear pelo Centro Velho de São Paulo é garantia de boas descobertas. Caminhar devagar, ver de perto, apurar os sentido*: eis a estratégia para tirar proveito desse lado da cidade.


*menos o olfato porque em certos pontos o cheiro de urina-mendiga é cruel. Apure os outros quatro que já está de bom tamanho!!!

2 comentários:

Caffe Latte disse...

Fabiane,

Nós da Caffe Latte ficamos orgulhosos com o seu comentário. Muito obrigado!

Lílian disse...

Oi Fabi,
Também gostei muito do seu blog. Vou linkar. Gostei da dica do caffe latte. Sou viciada em café.
Abraços