domingo, 25 de janeiro de 2009

A Hebe vem para o Jantar???!!!!!

Coisa natural no século XXI: naquela casa, ela, jornalista, passava quase o dia todo fora e ele, dono-de-casa, assumido e com orgulho, passava o dia às voltas com os 2345987 afazeres do lar. Por que não?!
Tarde de sexta-feira, o telefone toca. Não deu tempo de atender, estava dando banho no filho de 4 anos que insistia em brincar de acquaman-hiperativo-virando-uva-passa. A Secretária eletrônica atendeu:

- Amor, estou levando a Hebe pra jantar em casa!


Quando ouviu o recado quase infartou: O quê?! Quem?! A Hebe?! A gracinha do sofá?! A da tv?! Por que ela só avisou agora?! Eu não tenho nada na geladeira! O que eu vou servir pra essa mulher?! Como assim a Hebe vem pro jantar?! Será que ela come canja?! Eu estava fazendo canja! Será?! Quando minha mulher virou amiga da Hebe, meu Deus?! A Hebe vem jantar em casa... isso é coisa que se diga, assim, num fim de tarde?! O que ela está pensando que eu sou?! Uma máquina?! Um mágico que vai tirar um jantar de gala da cartola?! Será que a Hebe come pizza?! Não tenho nenhum vinho decente em casa. Será que a Hebe gosta de caipirinha... de 51?! Será?!
Em meio a esse turbilhão de perguntas, teve uma idéia genial: a mãe!


- Mãe, socorro! A Hebe vem jantar em casa e eu não sei se ofereço pizza ou canja!
- O quê?! A Hebe vai jantar na sua casa e você me fala isso assim, meu filho?! Você sabe que eu e suas tias amamos a Hebe... a gente acompanha a carreira dela desde menina!
- Mãe, pelamordeDeus, deixa o sermão pra depois e me dá uma luz!
- Não se mexe, meu filho! Eu e suas tias vamos dar um jeito! Em meia hora chegamos aí com tudo pronto pro maior jantar que esse seu apartamento já viu!
Dito e feito: em meia hora a sala de 4 metros quadrados do apartamento tinha virado o salão de gala do Copacabana Palace. A mãe e as quatro tias, que trouxeram seus respectivos maridos para ajudar no que fosse preciso, formaram um exército para preparar um jantar digno de Hebe Camargo. A emoção de conhecer a grande dama da tv brasileira motivava aquelas senhoras, senhores e marido em pânico.
Tudo pronto. Elevador chegando. Todos de sorrisos no rosto e câmeras a postos. A porta se abre:


- (...) Amor?! O que está acontecendo?! Quanta gente em casa! O que aconteceu com a nossa sala?!
- Ficou à altura da Hebe, amor?! Onde ela está?!
- Está aqui! A Hebe, minha estagiária na redação. Você não acha que exagerou um pouquinho?! - entre dentes.
- Oi, muito prazer, Hebe! – sem graaaça - Puxa, gente, uma festa, nem me arrumei! A chefinha não falou que seria um jantar em minha homenagem!
- Hebe????!!!! Você que é a Hebe?! Amor, cadê a Hebe Camargo?!
- Que Hebe Camargo?!
- A que você ia trazer pro jantar!!!
- Quem falou Hebe Camargo?!
- Você!
- Eu não! Eu disse que a Hebe vinha pro jantar... A Hebe, minha estagiária... a estagiária de quem estou falando há dias... você não me escutou?! Nenhuma das vezes?! Nenhuma das 750 vezes?! Você nunca me escuta mesmo, né?!
- (...)

Tem coisas que nem o século XXI é capaz de mudar!!
(...tem outro texto aí embaixo, ó!)

8 comentários:

Silvestre Gavinha disse...

Fabi maravilhosa, adorei o texto.
Perfeito mesmo.
Eu j'a imaginei que a Hebe seria uma cachorrinha nova para o filho mais novo. Hehe....
Gostei de mais.

Fabi.Catarse!! disse...

...àquela altura dos acontecimentos o molequinho já tinha virado uma uva-passa na banheira!!! kkkkkkkkkkk O pai esqueceu o coitado lá pra poder preparar a grande recepção!

Chéri disse...

Oi, moça. Bem legal o texto. :)
Beijocas pra você!

Fernanda Thedim disse...

Sensacional! Adorei!

Fabi.Catarse!! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabi.Catarse!! disse...

Obrigada, Daniel!!Falou o moço dos textos que me fazem chorar de rir!

Fernanda, nova por aqui, né?! Ganhou uma xícara de café!!! hehehehe

Beijos!

Anônimo disse...

Olha...a muito tempo eu não me divertia muito ao ler um texto muito bem elaborado...leve..criativo e sem dúvidas...divertido!!!!
abç
neneli

Fabi.Catarse!! disse...

...poxa, obrigada pelos elogios, Neneli!! Obrigada!