domingo, 21 de fevereiro de 2010

RSVP versus CPM



Além do suflet, do fuet, do abajour, do pão francês e do trauma em Copas do Mundo... a França também é responsável por aquela sigla que aparece em alguns convites: RSVP - Réspondez, S’il Vouz Plaît! Um gentil pedido para que o convidado em questão confirme sua presença e não coloque o organizador em pânico.


Infelizmente, aqui pelos trópicos, essa coisa de confirmar presença não cola muito não, viu?! A tropicalidade, juntamente com a informalidade e a brasilidade, caetanamente falando, fazem com que essas quatro letrinhas sejam sumariamente ignoradas.


Organizar um evento no Brasil é praticamente um desafio matemático. Já explico por que.


Alguns raciocínios levam os convidados a ignorar a confirmação:


1. Pra quê confirmar? É óbvio que eu vou!


2. Não vou confirmar porque se aparecer coisa melhor no dia, não fica chato se eu não aprecer!


3. Confirmar? Eu? A gente cresceu junto, ele sabe que eu não perderia por nada!


4. Não vou confirmar porque só resolvo as coisas na última hora, sou brasileiro, pô!


5. RSVP? Que que é isso? Melhor não mexer com essas coisas!


E por aí vai, as possibilidades são infinitas!


Funciona mais ou menos assim: de 200, 20 ligam confirmando presença. Desses 20, 10 perguntam se podem levar dois amigos super-fofos-queridos que a-do-ra-ri-am ir a essa festa. Fazer o quê?! Os 10 viram 30! Os outros 10 confirmam, mas dizem que não é certeza. Dos 180 restantes, 90 estão pensando seriamente em ir, mas depende da Lua. Dos outros 90, 20 terminaram o namoro, mas estão de flerte novo, que fazem questão de levar à festa e fazer ciúme à ex-companhia. Logo, os 20 viram 40 ou 80, afinal, as novas companhias acham que não vão conhecer ninguém na festa e, para não se sentirem sós, levam um (a) amigo (a) ou dois, porque é difícil escolher. Dos 70, daqueles 90, 15 não vão porque têm outro evento no dia, mas nem se atrevem a dizer, senão nunca mais serão convidados pra nada se forem sinceros assim; outros 15 também não vão, mas ligam confirmando, pra não ficar chato, mas não aparecem no dia e, depois, 10 inventam uma desculpa óóóóóótima para justificar a ausência e 5 preferem acreditar que sua ausência nem será notada porque têm o rosto tão comunzinho! Dos 40, 15 aparecem, mas só para dar um oizinho rápido e saem, sem comer ou beber nada, 5 minutos depois, à francesa; 10 não vão de jeito nenhum porque acham um absurdo terem convidado apenas eles e não o restante da família; 15 pensam da mesma maneira, mas vão e levam o restante da família, transformando isso em 60 ou 120, depende do grau de apego aos familiares.


Fizeram as contas? Nem Oswald Souza seria capaz de chegar a um resultado preciso. Nem o primeiro colocado no Enem conseguiria marcar uma alternativa correta. Nem mãe Diná arriscaria toooooda sua credibilidade chutando um palpite. No Brasil, uma lista de 200 convidados pode variar entre zero e 850 convidados! Daí o porquê de lista de festa ser um verdadeiro desafio matemático!!


Talvez se RSVP fosse adaptada às circunstâncias brasileiras, pode ser que as pessoas se entusiasmassem mais a confirmar presença. Algumas sugestões: SNCNE (se não confirmar, não entra); SCNANCNM (se confirmar e não aparecer não convido nunca mais); CPM (confirme por misericórdia)... nessa linha, nessa linha!


Mas a verdade é que se o jeitinho brasileiro atrapalha na organização, ele também dá uma forcinha para que no final as coisas se ajeitem e acabe dando tuuuuudo certo! É como dizem: onde comem 2, comem 200!



2 comentários:

mKop disse...

Olá! Isso é exatamente o que penso e ate fiz um site para ajudar os brasileiros a fazerem RSVP gratis.

O Site é o Confirme Já (www.confirmeja.com.br).
Com ele vc cadastra o evento no site e o sistema gera um link-codigo, que vc coloca no convite e etc.
Assim os convidados confirmam pela Internet.

Fabi.Catarse!! disse...

Que bacana, mKop! Fica aí a dica!
Obrigada pela visita e volte sempre (...nem precisa confirmar, ok?!hehehehe)